Gerentes e treinadores

Muitas vezes eles pediram-me qual é a diferença entre um gerente e um treinador dentro de uma empresa. Sem a gente ficar com definições bastante gerais:- um gerente é uma pessoa que conduz a gestão administrativa de uma empresa ou instituição; Ele é alguém que gerencia processos e recursos humanos para alcançar resultados específicos que são confiados a ele dentro do organização, um trein ador, por outro lado, é uma pessoa que, através da utilização de processos e modelos mentais adequados, permite que outros indivíduos, equipas ou organizações alcançar os resultados que deseja alcançar. Po rtanto, poderíamos fazer uma distinção aqui, onde um treinador não é necessariamente um gerente, desde que ele não consegue. Para fazer isso, você teria, ou ter as habilidades de gestão administrativa. Agora, um gerente chegando para adquirir conhecimentos, habilidades e modelos mentais de um treinador podem melhorar imensamente sua ge stão. Sem dúvida, as tendências… Ver artículo

Managers and Coaches

Many times they have asked me what is the difference between a Manager and a Coach within a company. Without us stick to quite general definitions:-a Manager is a person who leads the administrative management of an enterprise or institution; He is someone who manages processes and human resources to achieve specific results that are entrusted to him within the Organizat ion-a Coach, on the other hand, is a person who, through the use of processes and mental models adequate, allows other individuals, teams or organizations, to reach the results that want to achi eve. We could therefore make a distinction here, where a Coach is not necessarily a Manager, since he does not manage. To do so, you would have, or to have the skills of administrative management. Now, a Manager arriving to acquire skills, abilities and mental models of a Coach may enhance immensely its management. Without a… Ver artículo

Gerentes y Coaches

Muchas veces me han preguntado cuál es la diferencia que existe entre un Gerente y un Coach dentro de una empresa. Sin nos ceñimos a definiciones bastante generales: – Un Gerente es una persona que lleva la gestión administrativa de una empresa o institución; es alguien que administra procesos y recursos humanos para lograr resultados específicos que le son encomendados dentro de la organización. – Un Coach, por otro lado, es una persona que, a través del uso de procesos y modelos mentales adecuados, permite que otras personas, equipos u organizaciones, alcancen los resultados que desean lograr. Por lo tanto, podríamos hacer una distinción acá, donde un Coach no necesariamente es un Gerente, ya que él no administra. Para tal efecto, tendría que tener o llegar a tener las habilidades de gestión administrativa. Ahora bien, un Gerente al llegar a adquirir destrezas, habilidades y modelos mentales de un Coach puede… Ver artículo

A hypnotic garden

It is always ther e. Exactly where you are. If you are looking for, you obviousl y don't see it. This phrase is Muso Kokushi (1275-1351), who was a Zen master in the art of gardens . Its phrase, seems incredible because when we talk about gardens is as valid today for what is a trance and a hypnotic connection.

Um jardim hipnótico

Está sempre lá. E xatamente onde você está. Se você está procurando, você obviam ente não consigo ver. Esta frase é Muso Kokushi (1275-1351), que era um mestre na arte de jardins Zen . Sua frase, parece incrível, porque quando falamos sobre jardins é tão válido hoje para o que é um transe e uma conexão hipnótico.

Un jardin hipnótico

Está siempre ahí. Exactamente donde estás. Si lo buscas, obviamente no lo ves. Esta frase es de Muso Kokushi (1275-1351), quien fue un maestro Zen en el arte de los jardines . Me parece increíble su frase, pues al hablar de jardines es tan válida hoy para lo que es un trance y una conexión hipnótica.

Que quer que seja?

Entre os vários fatores que nós poderíamos mencionar, que impedem que alguém para conseguir o que ele quer para ele em sua vida, nós poderia mencionar: – falta de uma boa definição de objectivos – não considerar o ganho secundário que está dando o que vive no presente, sem dar algo para a mudança, o habitual com o (s) ao vivo agora, contra o medo de algo novo – crença (s) restrição (s) ou falta de confiança em si mesmo – o (s) Estado (s) interno (s) automático (s) condições (n) uma resposta a uma anteriormente establecidaAp arte reação, podemos mencionar que, no modelo de R.Wilson mente tem duas partes: o pensador e o testador . O pensador é muito flexível e faz processos e operações sem fim. Uma vez estabelecido, o que é o processo ou operações, com as necessárias conclusões, por outro lado, entra em cena Tester, teve… Ver artículo

Do you want to get it?

Among various factors that we could mention, that prevent someone to achieve what he wants for himself in his life, we could mention : – lack of a good definition of objectives – not consider secondary gain that is giving what lives in the present, without giving something to change-the habitual with what (s) live now, versus the fear of something new – belief (s) constraint (s) or a lack of confidence in itself – the (s) State (s) internal (s) automated (s) conditions (n) a response to a previously establecidaAparte reacti on, we can mention that in the model of R.Wilson mind has two parts: the thinker and the tester. The th inker is very flexible and makes endless operations and processes. Once established, what is the process or operations, with the necessary conclusions, on the other hand, enters scene Tester, aimed to "try" and validate what the thinker… Ver artículo

¿Quieres Conseguirlo?

Dentro de los varios factores que podríamos mencionar, que impiden que alguien logre lo que quiere para sí en su vida,podriamos mencionar: – Falta de una buena definición de objetivos– No considerar la ganancia secundaria que le está entregando lo que vive en el presente, sin darle algo a cambio– La habitualidad con lo que vive ahora, versus el temor a algo nuevo– La(s) creencia(s) limitante(s) o una falta de confianza en sí mismo– El(los) estado(s) interno(s) automatizado(s) que condiciona(n) una respuesta a una reacción previamente establecida Aparte, podemos mencionar que en el modelo de R.Wilson la mente tiene dos partes: el pensador y el probador. El pensador es muy flexible y hace infinitas operaciones y procesos. Por otro lado, una vez establecido lo que es el proceso u operaciones, con las debidas conclusiones, entra en escena el probador, orientado a “probar” y validar lo que el pensador había concluído…. Ver artículo